Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Pesquisando sobre o sal:

                                                Vem comigo que te explico
    Estou na fase diet light ( de novo)  rs e fui euzinha aqui entender porque existem tantos tipos de sal,mas sal? sim descobri coisas fantásticas!!!
   Cheguei a conclusão que para fazer dieta (detesto esse nome parece forçar a gente a comer coisas sem gosto e ficar triste) para fazer reeducação alimentar ,linda palavra!! temos que investir um pouquinho mais na alimentação e depois vira um hábito saudável!!
  Nem lhes conto: comecei a fazer caminhadas e dei umas corridinhas resultado machuquei os dois joelhos e descobri que primeiro se caminha Phabiana,depois dá umas corridinhas de leve kkkkk.
    Vamos ao sal: Fonte da pesquisa:http://www.nutritotal.com.br/perguntas/?acao=bu&categoria=1&id=836
Qual a diferença entre os tipos de sal?


Atualmente, pode-se encontrar diversos tipos de sal no supermercado: sal rosa do Himalaia, flor de sal, refinado, defumado, negro, marinho, entre outros. Apesar de todos possuírem sódio em sua composição, existem algumas diferenças entre eles, como a quantidade de sódio e de outros minerais, além de diferenças de textura e sabor.

sal de cozinha ou “refinado” é o mais utilizado na culinária. O iodo foi adicionado ao sal pela primeira vez em meados de 1920 para combater uma epidemia de hipertireoidismo e o bócio. O sal é processado para remover impurezas, o que reduz os teores de minerais, e por ter uma textura fina pode ser misturado de forma mais homogênea. O sal grosso evita o ressecamento dos alimentos por não ter passado pelo processo de refinamento e apresenta a mesma quantidade de sódio do sal de cozinha.

sal líquido é obtido pela dissolução de sal de altíssima pureza e sem aditivos em água mineral. Com embalagem contendo 250 ml, trata-se do primeiro e único sal iodado do Brasil apresentado na forma líquida. Com sabor suave, o sal líquido pode ser usado em todos os alimentos, sem alterar suas características.

sal light apresenta um reduzido teor de sódio com 50% de cloreto de sódio e 50% de cloreto de potássio. Geralmente é indicado para pessoas que têm restrição ao consumo de sódio. Entretanto, indivíduos com doenças renais não devem utilizá-lo, pois o aumento da ingestão de potássio pode causar um acúmulo do mineral no organismo, elevando o risco de complicações cardiovasculares.

sal marinho é mais caro do que o sal de cozinha por ser raspado manualmente da superfície de lagos de evaporação. Não é tão processado, preservando mais os sais minerais. Pode ser grosso, fino ou em flocos e dependendo da região que é retirado e da composição de minerais pode ser branco, rosa, preto, cinza ou de uma combinação de cores.

sal do Himalaia é encontrado aos “pés” do Himalaia, região que a milhões de anos foi banhada pelo mar. Possui mais de 80 minerais, tais como cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro. Por conta disso, os cristais ganham tom rosado e sabor suave. 

Existem diferentes tipos de sais defumados. No entanto, os mais tradicionais e cobiçados são o franceses. O sal defumado francês é feito com cristais de flor de sal defumados lentamente em fumaça fria resultante da queima de ripas de barris de carvalho usados no envelhecimento de vinho chardonnay. Já o sal defumado dinamarquês é feito segundo a tradição viking: após a evaporação da água do mar, o sal é secado em recipiente aberto sobre uma fogueira fumacenta, feita com galhos de madeiras aromáticas, como carvalho e cerejeira.

sal do Havaí possui coloração rosa avermelhada por causa da presença de uma argila havaiana chamada Alaea, rica em dióxido de ferro.

sal negro é um sal não refinado procedente da Índia. Por conta de compostos de enxofre presentes em sua composição, ele tem um forte sabor sulfuroso. Outro fator que chama a atenção é a cor cinza rosada, que evidencia sua origem vulcânica. Além de compostos sulfurosos, o sal negro é formado por cloreto de sódio, cloreto de potássio e ferro.

flor de sal contém 10% mais sódio do que o sal refinado. Na elaboração são utilizados apenas os cristais retirados da camada superficial das salinas onde se formam os grãos translúcidos. Possui sabor mais intenso e textura crocante, sendo indicado acrescentar após a preparação do alimento. 

sal kosher é utilizado para preparar carnes kosher, por remover o sangue da carne rapidamente. Não dissolve tão rápido quanto o sal de cozinha e não é iodado.

A tabela abaixo mostra a quantidade de sódio presente nos diferentes tipos de sal.

Aqui sou eu correndo

Entrei numa turma fitness pro caso de querer desistir kkk eles me dão a maior força!! é grupo de whathaapp é medalha de participação !!


 E ganhei minha primeira medalha meu bem!! ooooooo tudo bem foi de participação mas tá valendo rs
  Beijinhos a todos e ótimo final de semana.
   " Disse JESUS: Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim.João 14:1